sicnot

Perfil

Mundo

Cinco funcionários da ONU no Mali entre os 12 mortos em ataque a hotel

Cinco funcionários que trabalhavam para a missão da ONU no Mali estão entre os 12 mortos de um ataque e tomada de reféns num hotel em Sévaré, no centro do país, anunciou hoje a organização internacional.

Arquivo Reuters

O ataque aconteceu na sexta-feira, quando homens armados - presumíveis 'jihadistas' - invadiram um hotel em Sévaré, onde estavam instalados vários cidadãos estrangeiros. As forças especiais malianas puseram hoje fim ao assalto, mas 12 pessoas morreram na operação.

De acordo com a Minusma, a missão da Organização das Nações Unidas (ONU) no Mali, entre os 12 mortos constam cinco funcionários de empresas subcontratadas pela ONU no país: Um maliano, um nepalês, um sul-africano e dois ucranianos.

Hoje no final da operação, fonte militar maliana disse às agências internacionais que tinham morrido 12 pessoas: "Cinco terroristas", cinco soldados e "dois brancos", cujas identidades e nacionalidades estavam na altura ainda a ser confirmadas.

As forças especiais conseguiram ainda libertar quatro reféns estrangeiros, um russo e três sul-africanos.

Fonte do governo maliano informou na sexta-feira em comunicado que sete pessoas ligadas ao assalto foram detidas.

Nenhum grupo reivindicou o ataque até ao momento, mas as autoridades suspeitam do envolvimento de seguidores de amadou Kouffa, um 'jihadista' local próximo da Al-Qaida no Magrebe Islâmico (AQMI).

O último atentado contra estrangeiros no Mali ocorreu em março, num restaurante da capital, Bamako, e fez cinco mortos, dois deles europeus.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.