sicnot

Perfil

Mundo

Dilma Rousseff aposta em apoio do Senado para enfrentar crise política

A Presidente brasileira Dilma Rousseff está a apostar no apoio do Senado do país para conter a atual crise política do país e para aprovar um pacote de reformas que poderia ajudar na sua recuperação económica.

Eraldo Peres

As reformas propostas, chamadas de "Agenda Brasil", foram apresentadas nesta semana ao Governo por parlamentares, liderados pelo Presidente do Senado, Renan Calheiros, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que integra a coligação de Governo.

Entre os 27 projetos apresentados estão a aceleração de licenciamento ambiental no caso de grandes obras, o condicionamento do acesso ao crédito e da desoneração de impostos à criação de emprego pelas empresas, a cobrança do sistema público de saúde de acordo com os rendimentos (atualmente gratuito), a criação de um conselho para monitorar contas públicas e a instituição de uma idade mínima para a reforma no setor privado.

Rousseff demonstrou o seu apoio ao pacote de reformas, e afirmou que "muitas das propostas coincidem plenamente" com as do Governo, dizendo que elas são "muito bem-vindas", citada hoje por alguns jornais brasileiros.

A demonstração de aproximação de Dilma Rousseff a Renan Calheiros chega num momento de falta de apoio político para o Governo na Câmara dos Deputados - a câmara baixa, que é liderada por Eduardo Cunha, também do PMDB -, e coloca o Senado como uma aposta para conter a crise de governabilidade.

Algumas das propostas de reforma, entretanto, são polémicas e ainda não estão estruturadas em projetos de lei.

Citado pelo jornal Folha de São Paulo, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, considerou inviável a cobrança no sistema público de saúde.

Na Câmara dos Deputados, entretanto, a agenda é contrária à do Governo.

Terça-feira à noite, os parlamentares aprovaram em primeira votação (ainda não definitiva) uma proposta que gera gastos públicos e dificulta o ajuste fiscal: o vínculo do salário de delegados (chefes de esquadra da polícia) e procuradores a 90,25% da remuneração de magistrados do Supremo Tribunal Federal.

O Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, apesar de também ser do PMDB, já disse ser oficialmente opositor do Governo, e a base do partido na casa legislativa está dividida, sendo que parte dela não apoia a Presidência nas suas decisões.

Devido à importância do PMDB para o fim da crise política, o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT, de Rousseff) reuniu-se hoje de manhã com membros do partido, o maior da coligação de Governo, incluindo o vice-Presidente Michel Temer, o também ex-Presidente da República José Sarney, três senadores e dois ministros, segundo o portal de notícias G1.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.