sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal suíço obriga criador a tirar sino às vacas por barulho para vizinhos

Um tribunal de Recurso de Zurique, na Suíça, obrigou um fazendeiro a retirar durante a noite os sinos dos pescoços das suas 27 vacas leiteiras para não incomodarem os vizinhos, foi hoje noticiado.

© Christinne Muschi / Reuters

A decisão anunciada no início de agosto confirma a ordem já dada ao fazendeiro, depois de uma queixa apresentada pela população de uma pequena comuna ao pé de Zurique exasperada por não conseguir dormir à noite nos últimos quatro anos por causa dos sinos.

O tribunal decidiu que o fazendeiro deve remover os sinos das vacas entre as 22:00 e as 07:00.

"Mesmo a 80 metros, a fonte de poluição do ruído é muito alta", referiu o tribunal, acrescentando que a utilização dos sinos é inútil, porque as vacas pastam num prado com cerca.

O criador ainda pode recorrer da decisão para o Supremo Tribunal.

Lusa

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Daesh divulga imagens da destruição da mesquita de Mossul
    1:58
  • "Podemos ser atendidos por um médico branco?"
    0:58