sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal suíço obriga criador a tirar sino às vacas por barulho para vizinhos

Um tribunal de Recurso de Zurique, na Suíça, obrigou um fazendeiro a retirar durante a noite os sinos dos pescoços das suas 27 vacas leiteiras para não incomodarem os vizinhos, foi hoje noticiado.

© Christinne Muschi / Reuters

A decisão anunciada no início de agosto confirma a ordem já dada ao fazendeiro, depois de uma queixa apresentada pela população de uma pequena comuna ao pé de Zurique exasperada por não conseguir dormir à noite nos últimos quatro anos por causa dos sinos.

O tribunal decidiu que o fazendeiro deve remover os sinos das vacas entre as 22:00 e as 07:00.

"Mesmo a 80 metros, a fonte de poluição do ruído é muito alta", referiu o tribunal, acrescentando que a utilização dos sinos é inútil, porque as vacas pastam num prado com cerca.

O criador ainda pode recorrer da decisão para o Supremo Tribunal.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.