sicnot

Perfil

Mundo

Responsável pelas operações humanitárias da ONU desloca-se à Síria

O chefe das operações humanitárias da ONU, Stephen O'Brien, desloca-se pela primeira vez à Síria na próxima semana, com o objetivo de melhorar o acesso das ajudas à população num país em guerra civil, referiu o seu gabinete.

© Mohamed Nureldin Abdallah / R

O'Brien, que em maio sucedeu a Valerie Amos, vai designadamente manter encontros com responsáveis sírios em Damasco e espera encontrar-se com famílias refugiadas em Homs, centro do país, e ainda no vale de Beka, no leste do Líbano, acrescentou a mesma fonte.

No final de julho, Stephen O'Brien referiu perante o Conselho de Segurança que a crise humanitária estava a agravar-se num país que entrava no quinto ano de um conflito que provocou cerca de 240 mil mortos e sublinhou a urgência em encontrar uma solução política.

Em julho foi atingida a barreira dos quatro milhões de civis refugiados nos países vizinhos (Jordânia, Líbano, Turquia) e no Magrebe.

No final de 2014 a ONU tinha ainda recenseado 7,6 milhões de sírios deslocados no interior do país.

Esta crise constitui a prioridade número um da ONU no que respeita à ajuda humanitária, com 12,2 milhões de pessoas que necessitam de ajuda, onde se incluem 5,6 milhões de crianças.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC