sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro da Índia fixa prazo de 1.000 dias para eletricidade chegar a todas as aldeias

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, estabeleceu hoje um prazo de 1.000 dias para que todas as aldeias na Índia tenham eletricidade, e sublinhou o seu compromisso no combate à pobreza.

© Adnan Abidi / Reuters

Num discurso proferido no dia da independência, Modi instou os governos estaduais, que são responsáveis pela energia elétrica, a garantir que os milhões de lares tenham finalmente acesso ao respetivo abastecimento.

"Depois de tantas décadas desde a independência, ainda há 18.500 aldeias na Índia sem eletricidade", disse Modi no 69.º aniversário desde o fim da governação britânica.

"Eu apelo aos estados e a todas as partes a ligarem estas aldeias à rede elétrica dentro de 1.000 dias", acrescentou Modi.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.