sicnot

Perfil

Mundo

Famílias dos bombeiros desaparecidos nas explosões na China em protesto

Famílias dos bombeiros desaparecidos nas explosões na China em protesto

Na China, as famílias dos bombeiros que continuam desaparecidos por causa das explosões em Tianjin manifestaram-se esta manhã na cidade portuária. Numa altura em que as autoridades confirmam que o número de mortos subiu para 112, os familiares queixam-se de falta de informação e respostas por parte da polícia. Tratam-se das famílias da primeira equipa de bombeiros enviada para o local na passada quarta feira, que tem sido amplamente criticada por ter tentado apagar o fogo inicial com água, uma mistura que pode ter provocado as explosões. Quatro dias depois, pelo menos 95 pessoas continuam desaparecidas. Dessas, 85 são bombeiros.

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.