sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito da morte de dois jornalistas nos EUA tenta suicídio

De acordo com a estação de televisão WDBJ7, o homem suspeito de ter morto os dois jornalistas está em estado crítico depois de ter tentado o suicídio.

Vester Lee Flanagannews.sky.com

Vester Lee Flanagannews.sky.com

O suspeito de ter morto os dois jornalistas identificado como Vester Lee Flanigan, conhecido por Bryce Williams, tentou por termo à vida.

De acordo com a polícia está em estado crítico.

Flaningan trabalhou na estação de televisão WDBJ7. Esta manhã disparou sobre o operador de câmara, Adam Ward e Alison Parker, de 24 anos, repórter que estava em reportagem, durante uma transmissão em direto.

O homem foi entretanto identificado pela polícia do estado norte-americano de Virgínia.

Foi encontrado em estado critico depois de ter tentado por termo à vida com uma arma de fogo.

O atacante publicou na Internet um vídeo com imagens do crime e na sua conta na rede social Twitter deixou várias mensagens sobre o incidente, numa das quais acusava uma das vítimas de ter proferido anteriormente "fez comentários racistas".

Tanto a sua conta no Twitter como a página em seu nome no Facebook foram entretanto suspensas.

Inicialmente o suspeito fugiu de automóvel, o que levou a polícia a colocar barricadas nas estradas e motivou o encerramento de várias escolas na zona.

"Não sabemos o motivo", declarou o diretor da estação, Jeffrey Marks.

"Eles estavam apenas a fazer o seu trabalho", afirmou.

Contratado em 2000, o jornalista foi despedido no mesmo ano "após vários incidentes em que a sua raiva veio à superfície", tendo precisado de ser expulso do edifício da WDBJ7 pela polícia.

O governador do estado norte-americano, Terry McAuliffe, declarou estar "de coração destroçado por estas mortes sem sentido".

A WDBJ7 opera a partir da cidade de Roanoke, no estado de Virgínia, a cerca de 385 quilómetros a sudoeste da capital, Washington.

O incidente ocorreu na localidade de Moneta, perto de Roanoke.

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.