sicnot

Perfil

Mundo

Polícia francesa detém suspeito de incêndio em Paris

A polícia francesa deteve hoje um suspeito de estar na origem do incêndio num edifício de habitação em Paris, no qual morreram oito pessoas e quatro ficaram feridas.

YOAN VALAT/EPA

A emissora RTL acrescentou que a polícia suspeitou do comportamento do homem, com antecedentes por destruição de bens, apoiando-se também em imagens de videovigilância.

Uma brigada da polícia judiciária lidera a investigação do incêndio, que deflagrou de madrugada, dando prioridade, de momento, à origem criminosa.

O incêndio deflagrou às 04:30 (03:30 em Lisboa) no 18.º bairro de Paris e foi combatido por mais de 100 bombeiros, tendo sido declarado dominado por volta das 07:30 (06:30).

As oito vítimas mortais incluem duas pessoas que se atiraram das janelas para tentar escapar ao fogo, segundo a polícia. Uma fonte próxima da investigação disse que há duas crianças entre as vítimas.

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, disse que tudo indica tratar-se de um crime, uma vez que os bombeiros apagaram, durante a mesma noite, um fogo numa zona da escada do edifício, duas horas antes de se declarar um novo incêndio.

Os bombeiros foram chamados às 02:30 (01:30 em Lisboa) para apagar um fogo feito com papéis no andar térreo do edifício.

Lusa

  • Autoridades suspeitam de origem criminosa no incêndio de Paris
    1:37

    Mundo

    As autoridades estão a investigar as causas do incêndio que esta madrugada vitimou oito pessoas, em Paris. Há suspeitas de origem criminosa. Entre as vítimas, há duas crianças. As chamas fizeram ainda quatro feridos graves. O incêndio começou durante a madrugada e foi controlado já ao início da manhã por cerca de 100 bombeiros. Este é já considerado o incêndio mais grave da década na capital francesa.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.