sicnot

Perfil

Mundo

Paquistão proíbe anúncio de preservativos considerado imoral

A autoridade dos 'media' no Paquistão proibiu hoje um anúncio a uma marca de preservativos, que considerou imoral e contrário às normas religiosas, depois de várias queixas do público.

© Daniel Munoz / Reuters

Fakhar-ud-Din Mughal, porta-voz da Autoridade Reguladora dos 'Media' Eletrónicos do Paquistão (PEMRA, sigla em inglês), afirmou que receberam "dezenas de queixas contra o anúncio televisivo considerado indecente".

"Na sua diretiva, a PEMRA indica que o anúncio é visto, de um modo geral, como indecente, imoral e sem qualquer respeito pelas normas sócio-culturais e religiosas" do Paquistão, acrescentou.

No anúncio, um homem pede, numa loja na berma de uma estrada, uma pequena embalagem de preservativos. Um segundo homem aparece e pede uma embalagem maior, com um gesto, que pode ser interpretado como obsceno. Toda a rua começa a cantar e a dançar ao estilo "bhangra".

Esta é a segunda vez que a empresa produtora dos preservativos, Josh, é alvo de uma proibição de difusão dos seus anúncios.

No Paquistão, com perto de 200 milhões de habitantes, de maioria muçulmana, é tabu discutir publicamente assuntos relativos à contraceção.

De acordo com as Nações Unidas, um terço dos paquistaneses não tem acesso a métodos de controlo de natalidade, num país onde a população aumenta mais de 2% ao ano.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.