sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 21 mortos em ataque do exército no sul da Síria

Pelo menos 21 pessoas, incluindo duas crianças, morreram hoje num ataque com barris de explosivos lançados pelo exército sírio na cidade de Deraa (sul), dominada pelos rebeldes, disse o Observatório dos Direitos Humanos sírio.

arquivo Reuters

"Helicópteros lançaram barris de explosivos no distrito de al-Saham Bousra, na província de Deraa", provocando a morte a 21 pessoas, incluindo quatro mulheres e duas crianças, referiu a organização não-governamental.

Os rebeldes assumiram o controlo daquela província em março, o que foi um grande revés para as forças leais ao Presidente Bashar al-Assad.

Mais de quatro milhões de sírios fugiram do seu país desde o início do conflito, em março de 2011.

Lusa

  • Défice cai 1.900 milhões até agosto

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Criar galinhas na cozinha, guerras no fogão, e drones dentro de casa
    7:28
  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.