sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump propõe "grandes cortes" nos impostos para pobres, ricos e empresas

O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos da América Donald Trump revelou na segunda-feira o seu programa fiscal com "grandes cortes de impostos" para os cidadãos com menos recursos, os mais ricos e as empresas.

© Shannon Stapleton / Reuters


Numa conferência de imprensa na Torre Trump, em Manhattan, Nova Iorque, o magnata propôs "simplificar" o código fiscal e eliminar os subterfúgios a que recorrem atualmente os fundos de investimento e as multinacionais.

Entre as medidas propostas por Trump, que continua a liderar nas sondagens entre os republicanos, apesar de muito próximo do neurocirurgião reformado Ben Carson, destaca-se um corte da tributação máxima para as empresas dos 35% atuais para 15%.

Trump propõe também que quem ganhar mais de 150.001 dólares por ano e os casais que, entre os dois, aufiram 300.001 dólares anuais passem a pagar 25% em impostos, abaixo dos atuais 40%.

O magnata sugere ainda que as famílias mais carenciadas não paguem impostos, pelo que o seu plano isenta de deveres ficais todos os que ganhem menos de 25.000 dólares por ano ou casais que ganhem menos de 50.000 dólares entre os dois.

"Propomos um código fiscal incrível. Será simples, será fácil, será justo. Grandes cortes de impostos para os rendimentos médios e para a maioria dos norte-americanos", assegurou Trump durante a apresentação.

"Fará crescer a economia norte-americana a um nível que não se viu durante décadas", afirmou.

Lusa

  • Tudo a postos para a cerimónia dos Óscares
    0:59

    Mundo

    Esta noite saberemos quais são os melhores filmes e os melhores atores de 2016. A cerimónia de entrega dos Óscares começa à uma da manhã, hora portuguesa. No Dolby Theatre esta praticamente tudo a postos.

    Hoje às 23:00 na SIC e SIC Caras