sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump propõe "grandes cortes" nos impostos para pobres, ricos e empresas

O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos da América Donald Trump revelou na segunda-feira o seu programa fiscal com "grandes cortes de impostos" para os cidadãos com menos recursos, os mais ricos e as empresas.

© Shannon Stapleton / Reuters


Numa conferência de imprensa na Torre Trump, em Manhattan, Nova Iorque, o magnata propôs "simplificar" o código fiscal e eliminar os subterfúgios a que recorrem atualmente os fundos de investimento e as multinacionais.

Entre as medidas propostas por Trump, que continua a liderar nas sondagens entre os republicanos, apesar de muito próximo do neurocirurgião reformado Ben Carson, destaca-se um corte da tributação máxima para as empresas dos 35% atuais para 15%.

Trump propõe também que quem ganhar mais de 150.001 dólares por ano e os casais que, entre os dois, aufiram 300.001 dólares anuais passem a pagar 25% em impostos, abaixo dos atuais 40%.

O magnata sugere ainda que as famílias mais carenciadas não paguem impostos, pelo que o seu plano isenta de deveres ficais todos os que ganhem menos de 25.000 dólares por ano ou casais que ganhem menos de 50.000 dólares entre os dois.

"Propomos um código fiscal incrível. Será simples, será fácil, será justo. Grandes cortes de impostos para os rendimentos médios e para a maioria dos norte-americanos", assegurou Trump durante a apresentação.

"Fará crescer a economia norte-americana a um nível que não se viu durante décadas", afirmou.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.