sicnot

Perfil

Mundo

Bashar al-Assad pede ajuda militar à Rússia

O Presidente sírio, Bashar al-Assad, pediu hoje ajuda militar à Rússia, de acordo com informação avançada pelo chefe de gabinete do Kremlin, Sergei Ivanov. Entretanto, o parlamento russo autorizou o seu Presidente, Vladimir Putin, a recorrer à força militar no estrangeiro, nomeadamente ataques aéreos na Síria.

Reuters

Assad "apelou para ao líder do nosso país ajuda militar", disse Ivanov, depois de os senadores russos terem dado a sua aprovação unânime para permitir que as Forças Armadas para realizar ataques aéreos na Síria, como havia sido solicitado pelo Presidente russo, Valdimir Putin.

Momentos antes, foi anunciado que o parlamento russo autorizou Putin a recorrer à força militar no estrangeiro. "O Conselho da Federação decidiu por unanimidade apoiar o pedido do Presidente. Estamos a falar da Síria", disse Sergei Ivanov em declarações televisivas.

A autorização surge após o pedido do Presidente russo aos senadores de uma autorização para usar um contingente militar no estrangeiro, dado que a Rússia se encontra em manobras diplomáticas e militares relativamente ao dossiê sírio.

Putin pediu ao Conselho da Federação, a câmara alta do parlamento, "autorização para recorrer a um contingente de Forças Armadas russas fora do território russo", indicou o Kremlin, em comunicado.

Com Lusa

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.