sicnot

Perfil

Mundo

Furacão Joaquín aproxima-se das Bermudas depois de causar 4 mortos nos EUA

O furacão Joaquín, de categoria quatro, dirigia-se hoje para as Bermudas, depois de ter causado quatro mortos nos Estados Unidos.

Furacão Joaquim a aproximar-se das Bahamas visto a partir da Estação Espacial Internacional.

Furacão Joaquim a aproximar-se das Bahamas visto a partir da Estação Espacial Internacional.

© Handout . / Reuters

Grande parte do sudeste dos Estados Unidos foi atingida esta noite por chuvas torrenciais provocadas pelo furacão 'Joaquín', que causou quatro mortos em território norte-americano, incluindo três na Carolina do Sul, segundo um balanço provisório citado pela agência francesa AFP.

O furação aumentou de intensidade no sábado, para a categoria quatro (numa escala até cinco), com ventos de até 240 quilómetros por hora.

Depois de ter passado pelas Bahamas e ter causado chuvas intensas no sul do Haiti e em Cuba, o 'Joaquín' estava às 22:00 de sábado (hora de Lisboa) a 800 quilómetros a sudoeste das Bermudas, segundo o Centro Nacional dos Furacões norte-americano (NHC, na sigla em inglês).

Este é o terceiro furacão da temporada no Atlântico -- que dura entre junho e novembro -- e o mais forte, pela força dos seus ventos.

Lusa

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.