sicnot

Perfil

Mundo

Furacão Joaquín aproxima-se das Bermudas depois de causar 4 mortos nos EUA

O furacão Joaquín, de categoria quatro, dirigia-se hoje para as Bermudas, depois de ter causado quatro mortos nos Estados Unidos.

Furacão Joaquim a aproximar-se das Bahamas visto a partir da Estação Espacial Internacional.

Furacão Joaquim a aproximar-se das Bahamas visto a partir da Estação Espacial Internacional.

© Handout . / Reuters

Grande parte do sudeste dos Estados Unidos foi atingida esta noite por chuvas torrenciais provocadas pelo furacão 'Joaquín', que causou quatro mortos em território norte-americano, incluindo três na Carolina do Sul, segundo um balanço provisório citado pela agência francesa AFP.

O furação aumentou de intensidade no sábado, para a categoria quatro (numa escala até cinco), com ventos de até 240 quilómetros por hora.

Depois de ter passado pelas Bahamas e ter causado chuvas intensas no sul do Haiti e em Cuba, o 'Joaquín' estava às 22:00 de sábado (hora de Lisboa) a 800 quilómetros a sudoeste das Bermudas, segundo o Centro Nacional dos Furacões norte-americano (NHC, na sigla em inglês).

Este é o terceiro furacão da temporada no Atlântico -- que dura entre junho e novembro -- e o mais forte, pela força dos seus ventos.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira, no Jornal da Noite, para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo". O diretor conta que a unidade esteve em contacto com as autoridades em Espanha, não só durante os ataques, como também depois, e disse que os atacantes não estarão a caminho da fronteira com Portugal.