sicnot

Perfil

Mundo

UE quer fim de bombardeamentos russos contra oposição moderada síria

UE quer fim de bombardeamentos russos contra oposição moderada síria

A União Europeia diz que os bombardeamentos russos contra a oposição moderada na Síria devem "cessar imediatamente". Os ministros dos Negócios Estrangeiros estiveram esta segunda-feira reunidos no Luxemburgo. A diplomacia europeia acredita que o novo acordo para um governo de unidade nacional na Líbia pode ajudar a travar o fluxo de migrantes no Mediterrâneo, e apela aos partidos líbios que o apoiem.

  • Mogherini fala em maior necessidade de coordenação entre UE, EUA e Rússia
    1:35

    Daesh

    A Alta Representante da União Europeia para a Política Externa diz que a intervenção russa na Síria alterou as regras do jogo. Federica Mogherini fala numa maior necessidade de coordenação entre União Europeia, Estados Unidos e Rússia. O tema é debatido hoje pelos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28. No Luxemburgo, discutem também as consequências políticas do atentado de sábado em Ancara, na Turquia, e a questão das migrações.

  • Rússia e EUA trocam argumentos após intervenção russa na Síria
    1:54

    Mundo

    Rússia e Estados Unidos continuam a trocar argumentos por causa da intervenção russa na Síria. Vladimir Putin garante que o objetivo é apoiar as autoridades legítimas. Barack Obama reconhece o falhanço em formar uma oposição armada, mas insiste no afastamento de Bashar al Assad. No terreno, o apoio aéreo russo deu já um novo fôlego às tropas de Damasco.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.