sicnot

Perfil

Mundo

Israel reforça patrulhamento policial nas principais zonas árabes

correspondente sic

Israel reforça patrulhamento policial nas principais zonas árabes

O exército israelita mobilizou centenas de militares para ajudar a polícia na patrulha das principais cidades e conter a escalada da violência que nos últimos 14 dias já matou perto de 40 pessoas, 30 palestinianos e sete israelitas. A mobilização destas companhias militares é a primeira de uma série de medidas aprovadas ontem pelo executivo israelita que tenta travar a vaga de atentados com recurso a armas brancas. A polícia já recebeu luz verde para selar áreas árabes de Jerusalém e revogar o estatuto de residência permanente a cidadãos palestinianos suspeitos de participação em atos de terrorismo, como adianta o correspondente da SIC em Israel, Henrique Cymerman.

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".