sicnot

Perfil

Mundo

Surto de dengue faz mais de 100 mortos em Taiwan

As autoridades de saúde de Taiwan anunciaram hoje que subiu para 106 o número de mortos pelo maior surto de dengue na ilha, com um total de 23.821 casos confirmados desde 01 de maio.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Beawiharta Beawiharta / Reuters

Dos 106 casos mortais, 90 foram sinalizados na cidade de Tainan, 14 na cidade portuária de Kaohsiung e outros dois no distrito de Pingtung, o mais meridional da ilha, precisou o Centro de Controlo de Doenças.

Do universo de 23.821 infetados, 21.260 encontram-se em recuperação, ou seja 89,2%. Contudo, 47 permanecem nos cuidados intensivos.

Taiwan localiza-se numa zona endémica de dengue, mas este ano o número de infeções bateu todos os recordes, estimando-se que possa ascender a 30.000 até ao final do ano.

Em 2014, até aqui o ano com o maior número de ocorrências, registou 15.492 casos.

As mortes causadas pela dengue este ano superam, além disso, todas as registadas em anos precedentes por outros tipos de epidemias, incluindo as 73 pela MERS (Síndrome Respiratória Aguda Grave, SARS).

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.