sicnot

Perfil

Mundo

Angola acusa entidades estrangeiras de querem provocar o caos e a desordem

O governo angolano diz que há entidades estrangeiras a incentivar o caos e a desordem no país. Sem especificar quais são essas entidades, o vice-presidente angolano, Manuel Vicente, diz que elas querem provocar "a queda dos partidos políticos com que não simpatizam".

O vice-presidente angolano Manuel Vicente

O vice-presidente angolano Manuel Vicente

© Carlo Allegri / Reuters

As declarações de Manuel Vicente foram proferidas durante o habitual discurso à Nação, na abertura do Parlamento, que pela primeira vez, foi feito pelo presidente José Eduardo dos Santos.

O vice-presidente destacou também um empréstimo concedido a Angola pela China no valor de cinco mil e 200 milhões de euros.

Manuel Vicente disse ainda que as previsões do governo apontam não para uma recessão mas antes para um crescimento de quatro por cento da economia.

Recorde-se que a crise petrolífera que se faz sentir no país está a pôr em risco inúmeras empresas portuguesas para as quais Angola é um dos maiores mercados externos.

  • Imposto do sal travado

    Orçamento do Estado 2018

    O CDS-PP conseguiu aprovar, com a abstenção do PCP, uma proposta para eliminar a taxa adicional sobre produtos como bolachas, biscoitos, batatas fritas e flocos de cereais com excesso de sal.

  • Momentos da história de João Ricardo
    10:37
  • Mulher salva dos carris segundos antes de chegar comboio
    0:34
  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29