sicnot

Perfil

Mundo

Austrália aprova construção de mina que é potencial ameaça a Grande Barreira de Coral

A Austrália aprovou hoje o projeto para a construção da maior mina de carvão do país e uma das maiores do mundo, que havia sido bloqueado pelos tribunais, e que ameaça, segundo ambientalistas, a Grande Barreira de Coral.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Kacper Pempel / Reuters

A empresa indiana Adani é que vai concretizar a multimilionária empreitada de construção da mina Carmichael e as suas vias ferroviárias de 189 quilómetros, numa zona remota do estado australiano de Queensland, no nordeste do país.

No entanto, o Governo australiano sujeitou o projeto a "36 das mais estritas condições na história da Austrália".

O aval ocorre depois de a justiça ter anulado, em agosto, a autorização já concedida pelo Governo de Camberra ao projeto com o argumento de que não contemplava o impacto em duas espécies ameaçadas.

À luz das novas condições, a Adani deve aceitar as recomendações de especialistas independentes para proteger um habitat de 31 mil hectares e assegurar financiamento para investigar e salvaguardar as espécies ameaçadas do pantanal de Doongmabulla Springs.

Grupos ambientalistas têm vindo a contestar o projeto devido ao enorme volume de emissões de gases com efeito de estufa, do impacto negativo em espécies vulneráveis, bem como do "fraco historial ambiental" do grupo indiano Adani.

A mina, que se calcula que poderá operar por um período de até 90 anos, vai ter capacidade para produzir até 60 milhões de toneladas de carvão térmico para ser exportado a partir dos terminais de Abbot Point, que se situam nas proximidades da Grande Barreira de Coral, classificada desde 1981 como Património da Humanidade pela UNESCO.

Em 2013, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) expressou preocupação com as crescentes ameaças à Grande Barreira de Coral,

A Austrália introduziu no final de março último um plano de preservação de 35 anos que proíbe a dragagem e o depósito de lixo perto da Grande Barreira de Coral, e estabelece metas para a melhoria da qualidade de água e proteção da vida marinha.

A Grande Barreira, que alberga 400 tipos de coral, 1.500 espécies de peixes e 4.000 variedades de moluscos, começou a deteriorar-se na década de 1990 devido ao duplo impacto do aquecimento da água do mar e do aumento do grau de acidez por causa de uma presença maior de dióxido de carbono na atmosfera.

Lusa

  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Violência volta às favelas do Rio de Janeiro
    3:21

    Mundo

    As favelas do Rio de Janeiro voltaram aos níveis de violência dos anos 90. A cidade de Deus foi uma das favelas pacificadas que voltou a registar tiroteios diariamente, os moradores falam de situações de trauma e do medo das crianças.

  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Cão corre os EUA a entregar águas aos árbitros em jogos de basebol
    0:20