sicnot

Perfil

Mundo

Carbono emitido por incêndios na Indonésia excede as emissões dos EUA

Os incêndios que lavram em vastas áreas da Indonésia estão a emitir diariamente mais gases de efeito estufa para a atmosfera do que a economia norte-americana, de acordo com estimativas de organizações ecologistas.

Reuters

Há quase dois meses que milhares de incêndios, causados por queimadas em terrenos agrícolas, estão a envolver os países vizinhos numa densa nuvem de fumo, causando doenças respiratórias e levando países como a Malásia a encerrarem as escolas e cancelarem voos.

Recorrendo a dados da Global Fire Emissions Database, o World Resources Institute (WRI) indicou, num relatório recentemente publicado, que desde setembro que as emissões de carbono provenientes dos incêndios tinham excedido a média diária dos Estados Unidos em 26 dos 44 dias.

Os Estados Unidos são o segundo maior emissor de gases de efeito estufa do mundo, a seguir à China.

"A queima de áreas pantanosas de extração de turfa é significativa para as emissões de gases de efeito estufa porque estas áreas armazenam as maiores quantidades de carbono na Terra, acumuladas ao longo de anos", explica o WRI, referindo-se a grande parte dos terrenos afetados pelas chamas.

"Drenar e queimar estas zonas para expansão agrícola, como conversão para produção de óleo de palma e celulose, resulta em enormes picos de emissões de gases de efeito estufa", acrescenta o instituto.

A Malásia, que nas últimas semanas tem repetidamente ordenado o encerramento das escolas, voltou a fazê-lo hoje, devido ao terceiro dia consecutivo com níveis de poluição muito elevados.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".