sicnot

Perfil

Mundo

Embaixador de Portugal em Luanda visita Luaty Beirão amanhã

O embaixador de Portugal em Luanda visita quinta-feira Luaty Beirão, que entrou hoje no 31º dia de fome de protesto pela manutenção da sua prisão fora dos prazos legais, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

A visita do embaixador João da Câmara está marcada para as 11:00 (mesma hora em Portugal), na clínica privada em que Luaty Beirão está internado desde o passado dia 15.

Luaty Beirão é um dos rostos mais visíveis da contestação ao regime angolano e já chegou a ser preso pela polícia em manifestações de protesto.

O ativista luso-angolano integra um grupo de mais 16 pessoas - duas em liberdade provisória - que foram acusadas formalmente, desde 16 de setembro passado, de prepararem uma rebelião e um atentado contra o Presidente angolano, mas sem que haja uma decisão do tribunal de Luanda sobre a prorrogação da prisão preventiva em que se encontram.

Denunciando que está detido ilegalmente, por se ter esgotado o prazo máximo de 90 dias de prisão preventiva (20 de junho a 20 de setembro) sem nova decisão, Luaty Beirão, também engenheiro de formação, entrou em greve de fome.

Tornou-se na última semana foco principal das vigílias que se realizaram em Luanda e que levaram à intervenção policial para a sua desmobilização.

No passado dia 17, representantes de cinco embaixadas europeias em Luanda, incluindo Portugal, visitaram o ativista angolano.

Lusa

  • Luaty Beirão responsabiliza Presidente angolano por consequências de greve de fome
    4:02

    Mundo

    Luaty Beirão responsabiliza o Presidente de Angola pelas consequências da greve de fome que cumpre em Luanda há 28 dias. Luaty considera que os seus direitos constitucionais estão a ser desrespeitados. O ativista luso-angolano de 33 anos está detido desde 20 de junho, acusado, com outros 16 arguidos, de participação num atentado contra o Presidente. O período de detenção provisória terminou a 20 de setembro. No dia 21, Luaty Beirão iniciou a greve de fome.

  • Governo português quer um encontro a sós com Luaty Beirão
    2:17

    País

    O Governo português quer um encontro a sós, nos próximos dias, com Luaty Beirão, o ativista político angolano que está em greve de fome há 29 dias. Contactado pela SIC,o Ministério Português dos Negócios Estrangeiros adianta que há abertura das autoridades angolanas para a realização deste encontro de um diplomata português com Luaty Beirão e que falta apenas marcar uma data.

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.