sicnot

Perfil

Mundo

Família apreensiva com saúde de Luaty Beirão

O estado de saúde do ativista angolano Luaty Beirão permanece de alerta, ao fim de 33 dias de greve de fome, em protesto contra o excesso de prisão preventiva, desde a sua detenção, em Luanda, em junho deste ano.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

A informação sobre o estado de saúde de Luaty Beirão, que integra um grupo de 15 jovens ativistas detidos e acusados formalmente de prepararem uma rebelião e um atentado contra o Presidente angolano, foi prestado ao final do dia de sexta-feira, à agência Lusa, pela mulher do ativista, que o acompanha na clínica privada de Luanda onde se encontra, sob detenção.

"Continua a mesma coisa, ontem [quinta-feira] à noite teve uma dormência de 40 minutos, mas que passou logo a seguir, mas hoje é exatamente a mesma coisa, continua o estado de alerta", explicou Mónica Almeida.

Acrescentou que o quadro clínico de Luaty Beirão, de 33 anos, é estável e de lucidez, mas "a um ponto que dentro de um minuto pode não estar".

"É óbvio que nós estamos preocupados. Cada dia que passa aumenta a nossa preocupação", manifestou Mónica Almeida.

Luaty Beirão, que também tem nacionalidade portuguesa, exige aguardar em liberdade o julgamento, marcado para entre 16 e 20 de novembro, no Tribunal Provincial de Luanda, conforme previsto na lei angolana para este tipo de crime.

Luaty Beirão é filho de João Beirão, já falecido, que foi fundador e primeiro presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), entre outras funções públicas, sendo descrito por várias fontes como tendo sido sempre muito próximo do chefe de Estado.

Lusa

  • A história de João Ricardo
    10:37
  • Parceiros sociais começam hoje debate sobre salário mínimo

    Economia

    Os parceiros sociais reúnem-se hoje com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, para iniciarem a discussão sobre a atualização do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais e confederações patronais a assumirem posições divergentes.Em cima da mesa estarão as propostas das centrais sindicais, com a CGTP a exigir 600 euros a partir de janeiro de 2018 e a UGT a reivindicar 585 euros como ponto de partida para a negociação.

  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • "No fim, logo se vê" se foram quatro anos de uma legislatura perdida
    1:28

    País

    Pedro Passos Coelho acusa o Governo de perder uma legislatura. O presidente do PSD diz que "no fim, logo se vê" se foram ou não quatro anos de oportunidade perdida para o país. No último Conselho Nacional antes das eleições diretas do partido, Passos acusou o Executivo de perder o rumo e apontou os casos do Infarmed e do aumento do preço da água como exemplos de desorientação.

  • Marcelo apoia novo Mecanismo Europeu de Proteção Civil
    0:44

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa considera o novo Mecanismo de Proteção Civil uma ideia muito boa, que tem todo o apoio do Governo e do Presidente da República. Marcelo apenas lamenta que o modelo não existisse durante os incêndios deste ano.