sicnot

Perfil

Mundo

Terminado reencontro de 186 famílias separadas das duas Coreias

Centenas de familiares da Coreia do Sul e da Coreia do Norte despediram-se hoje após o termo da segunda e última ronda do vigésimo encontro de famílias separadas pela Guerra da Coreia (1950-53).

reuters

Quase mil pessoas de 186 famílias divididas pelo conflito, a maioria idosos, reencontraram-se no complexo turístico do monte norte-coreano Kumgang. A anterior reunião ocorreu em fevereiro do ano passado.

Na reunião de encerramento de hoje, 438 coreanos, de 90 famílias do Norte e do Sul, despediram-se entre lágrimas e abraços, depois de três dias de encontros sem a certeza de poderem voltar a ver-se.

A nova ronda de reuniões familiares teve lugar graças a um acordo alcançado pelas autoridades de Seul e de Pyongyang que, em agosto, decidiram melhorar as relações bilaterais.

Os escassos meios de comunicação presentes deram conta de histórias emotivas, como a do sul-coreano Lee Suk-ju, de 96 anos, que deu a jaqueta que levava vestida ao seu filho norte-coreano de 70 anos, que não via desde o conflito.

Relatado foi também o encontro da sul-coreana Kim Wol-soon, de 93 anos, que sofre de Alzheimer, que reconheceu, por momentos, o seu filho norte-coreano de 72 anos, o qual presenteou com a sua aliança de casamento.

Centenas de milhares de pessoas não conseguiram recuperar o contacto com os seus parentes do outro lado da fronteira desde a Guerra da Coreia, que confirmou a divisão da península.

Desde que em 1985 se organizou o primeiro reencontro, foram realizadas 20 reuniões entre famílias, a maioria das quais na passada década, em que participaram quase 20 mil coreanos.

Norte e Sul nunca foram capazes de acordar a realização dos reencontros de forma periódica.

  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • Mont-Saint-Michel evacuado "por precaução"

    Mundo

    O monumento do Monte Saint-Michel, no oeste de França, foi evacuado hoje de manhã "por precaução", tendo sido retirados os turistas e habitantes devido à presença de um suspeito que ameaçou as forças da ordem, anunciou a polícia francesa.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00