sicnot

Perfil

Mundo

Navio de guerra dos EUA entra em águas reclamadas pela China

Um navio de guerra norte-americano entrou no limite de 12 milhas náuticas de ilhas artificiais no Mar do Sul da China, reclamadas pela China.

Reuters

O USS Lassen entrou nas águas em volta de uma das ilhas do arquipélago das Spratly, cuja soberania é reivindicada pela China.

A tensão na região tem aumentado desde que a China transformou os recifes da zona em pequenas ilhas capazes de acolher instalações militares.Washington encara o gesto como uma ameaça à liberdade de navegação.

Em comunicado, um porta voz do Ministério chinês dos Negócios Estrangeiros descreveu a operação como uma "ameaça à soberania da China" e afirmou que Pequim "responderá a qualquer ação provocatória deliberada".

O porta-voz do Departamento norte-americano da Defesa explicou que os Estados Unidos "estão a conduzir operações de rotina no Mar do Sul da China, de acordo com a lei internacional".

O arquipélago é rico em recursos marinhos e energéticos,e está numa importante rota comercial. É também reclamado pelas Filipinas, Brunei, Malásia, Vietname e Taiwan.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.