sicnot

Perfil

Mundo

Guineense que entrou na Europa através de Lisboa não tem ébola, mas sim malária

O cidadão guineense hospitalizado na Galiza por suspeita de vírus do Ébola, que entrou na Europa através de Lisboa, não tem esta doença, mas sim malária, revelou à Lusa a Direção Geral da Saúde (DGS).

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Handout . / Reuters

Segundo disse à Lusa a sub-diretora geral da Saúde Graça Freitas, o cidadão não é portador do vírus do Ébola, adiantando que as análises efetuadas concluíram que se trata de malária.

O homem guineense, de 24 anos e residente em Espanha, deu entrada no Complexo Hospitalar Universitário da Corunha na tarde de terça-feira, onde lhe fizeram vários testes porque o quadro clínico que apresentava poderia ser compatível com uma infeção pelo vírus do Ébola.

Hoje de manhã foi transferido para o Hospital Meixoeiro, em Vigo, a unidade de referência na Galiza para este tipo de casos.

O chefe de Medicina Preventiva do Complexo Hospitalar Universitário de Vigo, Víctor del Campo, declarou hoje aos meios de comunicação social na Galiza que o doente chegou no domingo a Lisboa, num voo procedente da Guiné. O jovem esteve a visitar a família na Guiné-Conacri durante cinco meses.

Foi na capital portuguesa - acrescentou - que o homem apanhou um autocarro até à Corunha, onde pretendia visitar a sua mulher e o filho recém-nascido.

Lusa

  • Grupo armado mata 26 cristãos no Egipto
    1:03
  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC

  • Álcool é "de longe" a droga mais consumida pelos portugueses

    País

    O álcool é, "de longe", a substância mais consumida pelos portugueses que responderam ao maior inquérito `online` sobre consumo de drogas, com mais de 14% dos homens a descreveram padrões considerados problemáticos, segundo os resultados hoje divulgados.