sicnot

Perfil

Mundo

Quinze feridos em incêndio de avião em aeroporto da Florida

O motor de um avião com destino a Caracas, na Venezuela, incendiou-se no aeroporto da Florida, nos Estados Unidos. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas, um com graves queimaduras.

CRISTOBAL HERRERA ULASHKEVICH

O tráfego aéreo esteve suspenso durante parte do dia, informaram as autoridades.

Os 101 passageiros e tripulação foram tirados do avião da companhia norte-americana Dynamic Airways, um Boeing 767-300 ER. Uma criança foi tratada no Centro Médico de Saúde de Broward, disse o porta-voz do hospital.

As imagens de televisão mostraram o avião rodeado por camiões dos bombeiros. Num vídeo filmado por um dos passageiros de um outro avião, vêem-se nuvens de fumo cinza grossas antes do incêndio ser extinto.

Quando um Boeing 767 da Dynamic International Airways "estava na pista a preparar-se para um voo entre Fort Lauderdale e Caracas, a empresa teve conhecimento de que havia um problema num reator", esclareceu a companhia aérea, em comunicado.

"A tripulação seguiu os procedimentos de emergência, desligou o motor e retirou as pessoas do aparelho, para garantir a segurança de todos os que estavam a bordo", acrescentou a empresa norte-americana.

Os 15 feridos foram transportados para o Centro de Saúde Médica de Broward, condado onde se localiza o aeroporto, um dos quais com queimaduras graves, dois num estado intermédio e 12 com ferimentos ligeiros, como contusões.

Em conferência de imprensa, as autoridades do condado de Broward informaram que estavam a bordo do voo 405 com destino a Caracas 101 pessoas, entre passageiros e membros da tripulação, sublinhando que o incidente ocorreu pelas 12:30 (hora local), quando não há grande atividade no aeroporto.

Após o incidente, o tráfego aéreo ficou suspenso durante parte do dia no aeroporto, que é utilizado por 26 milhões de passageiros por ano e serve 40 destinos internacionais e cerca de 60 nos EUA, tendo responsáveis do aeroporto assegurado que os voos foram restabelecidos pelas 19:15.

De acordo com a estação local WPBF TV, uma perda de combustível foi relatada antes de o avião se incendiar e, nas fotos e vídeos do incidente, é visível um fumo negro e denso a sair do avião, bem como um reator danificado sob uma das asas do aparelho, tendo a Autoridade Federal do Transporte (NTSB) dito que destacou quatro pessoas para investigar a ocorrência.

Com Lusa

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12
  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42

    Mundo

    Depois da crise dos telemóveis Samsung Note 7 com bateria defeituosa que podia explodir, a marca tinha que lançar um aparelho inovador. O S8 foi anunciado esta quarta-feira em Londres. O repórter da SIC, Lourenço Medeiros, foi ver como é.

    Enviado SIC