sicnot

Perfil

Mundo

Quinze feridos em incêndio de avião em aeroporto da Florida

O motor de um avião com destino a Caracas, na Venezuela, incendiou-se no aeroporto da Florida, nos Estados Unidos. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas, um com graves queimaduras.

CRISTOBAL HERRERA ULASHKEVICH

O tráfego aéreo esteve suspenso durante parte do dia, informaram as autoridades.

Os 101 passageiros e tripulação foram tirados do avião da companhia norte-americana Dynamic Airways, um Boeing 767-300 ER. Uma criança foi tratada no Centro Médico de Saúde de Broward, disse o porta-voz do hospital.

As imagens de televisão mostraram o avião rodeado por camiões dos bombeiros. Num vídeo filmado por um dos passageiros de um outro avião, vêem-se nuvens de fumo cinza grossas antes do incêndio ser extinto.

Quando um Boeing 767 da Dynamic International Airways "estava na pista a preparar-se para um voo entre Fort Lauderdale e Caracas, a empresa teve conhecimento de que havia um problema num reator", esclareceu a companhia aérea, em comunicado.

"A tripulação seguiu os procedimentos de emergência, desligou o motor e retirou as pessoas do aparelho, para garantir a segurança de todos os que estavam a bordo", acrescentou a empresa norte-americana.

Os 15 feridos foram transportados para o Centro de Saúde Médica de Broward, condado onde se localiza o aeroporto, um dos quais com queimaduras graves, dois num estado intermédio e 12 com ferimentos ligeiros, como contusões.

Em conferência de imprensa, as autoridades do condado de Broward informaram que estavam a bordo do voo 405 com destino a Caracas 101 pessoas, entre passageiros e membros da tripulação, sublinhando que o incidente ocorreu pelas 12:30 (hora local), quando não há grande atividade no aeroporto.

Após o incidente, o tráfego aéreo ficou suspenso durante parte do dia no aeroporto, que é utilizado por 26 milhões de passageiros por ano e serve 40 destinos internacionais e cerca de 60 nos EUA, tendo responsáveis do aeroporto assegurado que os voos foram restabelecidos pelas 19:15.

De acordo com a estação local WPBF TV, uma perda de combustível foi relatada antes de o avião se incendiar e, nas fotos e vídeos do incidente, é visível um fumo negro e denso a sair do avião, bem como um reator danificado sob uma das asas do aparelho, tendo a Autoridade Federal do Transporte (NTSB) dito que destacou quatro pessoas para investigar a ocorrência.

Com Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.