sicnot

Perfil

Mundo

Sondagem dá vitória à Frente Nacional nas eleições regionais francesas

O partido de extrema-direita francês Frente Nacional (FN), de Marine Le Pen, será o mais votado na primeira volta das eleições regionais, que se celebram em França a 6 de dezembro, segundo uma sondagem publicada esta quinta-feira.

A líder da Frente Nacional francesa, Marine Le Pen.

A líder da Frente Nacional francesa, Marine Le Pen.

© Robert Pratta / Reuters

De acordo com a sondagem, realizada pelo instituto TNS Sofres e divulgada no Le Figaro e noutros órgãos de imprensa, a FN reúne 28% das intenções de voto, um ponto percentual à frente do partido conservador Os Republicanos, do ex-Presidente Nicolas Sarkozy.

Os socialistas do Presidente François Hollande serão, de acordo com o inquérito, a terceira força mais votada, com 21% dos sufrágios, ficando à frente de outras forças de esquerda, como os ecologistas (8%) e a Frente de Esquerdas (6%).

Para Emmanuel Rivière, do instituto TNS Sofres, a sondagem mostra que "o tripartidarismo está firme em França, com a FM como um partido de forte dinâmica".

O estudo conclui ainda que 92% dos eleitores que votaram em Marine Le Pen nas presidenciais de 2012 se mantêm fiéis à Frente Nacional, enquanto Hollande apenas conserva 62% dos que o levaram ao Elíseu, e Sarkozy mantém do seu lado 67% dos que o levaram a ser o segundo candidato mais votado no escrutínio de há três anos.

Lusa

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.