sicnot

Perfil

Mundo

Alemão suspeito do rapto de refugiado confessa morte de outra criança

O suspeito do rapto e da morte de um menino de 4 anos, migrante da Bósnia, confessou ter matado outra criança, revelaram hoje as autoridades alemãs. O homem, de 32 anos, foi detido ontem em Berlim.

© Michaela Rehle / Reuters

O porta-voz do Ministério Público adiantou que o suspeito confessou o assassinato de um menino de 6 anos de idade, que desapareceu de perto da casa de seus pais em Potsdam, nos arredores da capital alemã. Não foram revelados mais pormenores.

O suspeito foi detido ontem em casa da mãe, em Berlim, suspeito de raptar um jovem refugiado bósnio de 4 anos, cujo paradeiro era desconhecido há um mês. Segundo as autoridades, também assumiu este homicídio. No porta-bagagens do seu carro foi encontrado o corpo de uma criança morta.

Mohamed Januzi desapareceu no início de outubro fo centro de acolhimento de refugiados de Berlim. A polícia difundiu imagens de uma câmara de vigilância mostrando o menino a receber um peluche das mãos de um homem de cerca de 30 anos.

A imprensa alemã tem dado especial destaque ao desaparecimento de Mohamed, tendo o Bild indicado que, no dia do rapto, o jovem bósnio estava no centro de refugiados com a mãe e com o irmão de nove anos e a irmã de cinco meses.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57