sicnot

Perfil

Mundo

"Atividade externa" na origem da queda do avião no Sinai, diz especialista

Um especialista de aviação acredita que apenas factores "externos" poderão estar na origem da desintegração do avião de passageiros, que caiu este fim de semana no Sinai, Egito.

SELIMAN AL OTEIFI

Alexander Smirnov, diretor de voo da Kogalymavia, operadora do Airbus A321 que caiu no sábado explica que "não há falhas técnicas que possam provocar a destruição de um avião no ar".

Acrescentou que "o avião não estava a voar, estava em queda" e "a tripulação perdeu o controlo total" e isso pode explicar a razão porque não há registo de qualquer tentativa de contacto a reportar o que se estava a passar a bordo.

O aparelho fazia a ligação entre a estância turística egípcia de Sharm el-Sheikh e a cidade russa de São Petersburgo. Despenhou-se no sábado no Sinai, matando todas as 224 pessoas que iam a bordo.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.