sicnot

Perfil

Mundo

Exército israelita encerra estação de rádio palestiniana em Hebron

O exército israelita anunciou hoje que encerrou a estação de rádio palestiniana Al Hurria, em Hebron, na Cisjordânia, afirmando que esta difundia "informações falsas" com o fim de incitar a violência.

reuters

Os militares apreenderam o equipamento de rádio, "de modo a impedirem uma campanha de incitamento que provocou uma onda de violência na região nas últimas semanas", referiu o porta-voz do exército, num comunicado hoje divulgado.

A Al Hurria é acusada de "encorajar ataques com facas, distúrbios violentos e de difundir informações falsas e maliciosas, afirmando que as forças de segurança [israelitas] executam e sequestram palestinianos, com o objetivo de provocar violência", indica o mesmo comunicado.

A estação de rádio foi criada em 2002 na Faixa de Gaza pela Fatah, o movimento dirigido pelo Presidente Mahmoud Abbas. A sua sede foi transferida para Hebron depois de os islamitas do Hamas terem tomado o poder na Faixa de Gaza, em 2007.

A rádio já tinha sido fechada em 2002 e novamente em 2008. O exército não indicou durante quanto tempo ficará encerrada.

Desde 01 de outubro passado que os conflitos violentos entre a Palestina e Israel causaram mais de 70 mortos palestinianos e de uma dezena de israelitas.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.