sicnot

Perfil

Mundo

Quinze imigrantes em hipotermia encontrados em camião frigorífico em França

Quinze imigrantes em hipotermia foram hoje encontrados entre a carga de um camião frigorífico no norte de França, depois de uma busca das autoridades iniciada com um telefonema de um dos homens. As autoridades disseram ter recebido uma "chamada estranha" cerca das 08:00, de "um homem falando inglês com a voz quase inaudível, que parecia estar a sufocar, e que não sabia onde estava".

Reuters

As autoridades não conseguiram fazer o rastreio da chamada, porque estava a ser usado no telefone um cartão estrangeiro, mas muito tempo depois conseguiram descobrir que o interlocutor estava num camião a circular em algum lugar entre Paris e Lille.

O operador que recebeu a chamada também pode ouvir outras pessoas em fundo.

Foram então enviadas ambulâncias para a autoestrada, até que foi detetado um camião numa área de descanso. Com a ajuda dos serviços de assistência da autoestrada conseguiram forçar as portas e encontraram 15 homens, entre os 25 e os 45 anos, cujas nacionalidades não foram divulgadas.

"No interior, no meio de caixas de laranjas, encontraram 15 imigrantes que mal podiam respirar e em diferentes estágios de hipotermia", disse fonte citada pela agência de notícias francesa AFP.

O motorista, que não estava no camião quando este foi aberto mas que regressou de seguida, disse que não sabia que estava a transportar imigrantes mas mesmo assim foi detido.

Um dos imigrantes recebeu tratamento no local e os restantes foram encaminhados para hospitais próximos.

Milhares de imigrantes, especialmente da África Oriental e Médio Oriente, têm viajado por França a caminho do porto norte de Calais, na esperança de chegar à Grã-Bretanha.

Lusa

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano