sicnot

Perfil

Mundo

Três marroquinos detidos em Madrid por suspeita de preparar atentados terroristas

A polícia espanhola deteve na madrugada desta segunda-feira três marroquinos residentes em Madrid, alegadamente vinculados ao "Estado Islâmico", suspeitos de estarem a preparar atentados terroristas em território espanhol.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jesus Blasco De Avellaneda / Reuters

De acordo com um comunicado do Ministério do Interior espanhol, os três homens constituíam "um grupo vinculado à organização terrorista DAESH" (acrónimo árabe para o autodenominado Estado Islâmico).

Fontes da investigação citadas pelo próprio ministério indicaram que "os detidos estavam dispostos a levar a cabo, a qualquer momento, atos terroristas como os que aconteceram recentemente em outros países" próximos de Espanha.

O ministério não precisou quais os atentados e países, mas França e Tunísia foram palco no último ano de atentados realizados por terroristas isolados de uma estrutura formal do Estado Islâmivco (denominados "lobos solitários") contra transportes públicos ou museus.

O jornal El País acrescenta que os detidos, através de conversações telefónicas ou por internet, falavam da necessidade de "atuar já em Espanha", ainda que sem referirem pormenores das supostas operações.

Em declarações já esta manhã, o ministro do Interior, Jorge Fernández Díaz, afirmou que se trata de pessoas muito diferentes dos recentes detidos por captação de apoiantes para se unirem aos jihadistas, já que estes "estavam prontos a cometer atentados" e tinham "acesso a armas".

As casas dos três suspeitos foram revistadas pelas autoridades. Dois deles foram detidos na Cañada Real Galiana, uma zona conhecida como "o supermercado da droga" na localidade madrilena de Rivas-Vaciamadrid, e o terceiro em Vallecas.

O Ministério do Interior acrescentou, entretanto, que este grupo de marroquinos estava "perfeitamente organizado e hierarquizado".

O líder da célula terrorista tinha como funções a captação de pessoas para as fileiras do grupo Estado Islâmico, através da difusão de mensagens radicais e ordens da cúpula do grupo, controlava os jovens ou as jovens captadas e dava treinos ou formação sobre métodos terroristas.

Os outros dois elementos do grupo, também detidos, eram os operacionais da célula, pelo que seriam estes os encarregados de executar eventuais atentados.

No momento da desarticulação da célula, "os seus membros estavam completamente radicalizados (convertidos ao radicalismo islâmico) e numa fase de total assimilação da ideologia terrorista", manifestando a sua disposição para cometer um atentado na cidade de Madrid, especificou o Ministério.

Durante a operação não foram ainda encontradas armas, mas o Ministério diz que estes homens tinham acesso a um mercado ilícito de todo o tipo de armamento.

Espanha é o país europeu que fez mais operações contra membros do Estado Islâmico.

Com a operação de hoje, ascendem a 60 os detidos em espanha por suspeita de ligações ao terrorismo islâmico, a que se juntam outras 27 pessoas apanhadas noutros países, especialmente Marrocos.

Em quatro anos foram detidos 171 pessoas por jihadismo.

O Governo espanhol mantém o alerta anti-terrorista no nível alto (quarto escalão em cinco).

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59