sicnot

Perfil

Mundo

EUA e China são as nações menos preocupadas com as alterações climáticas

Os Estados Unidos e a China são os maiores poluidores mundiais, mas os seus cidadãos estão entre os menos preocupados do mundo com as consequências nefastas das alterações climáticas, segundo uma sondagem global hoje divulgada.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

Só 18% dos inquiridos na China consideraram que as alterações climáticas são um problema muito grave, e 15% declararam-se muito preocupados que o fenómeno possa afetá-los diretamente, de acordo com o Pew Research Center.

Nos Estados Unidos, 45% disseram que as alterações climáticas são muito graves, e uma em três pessoas manifestaram preocupação com danos pessoais em resultado do fenómeno.

Em contraste, o consenso, à escala global, é que as mudanças do clima são um problema premente, que ganha particular relevo quando se aproxima a crucial cimeira do clima, que decorrerá em Paris entre 30 de novembro e 11 de dezembro.

"A maioria nas 40 nações onde foi efetuada a sondagem diz que se trata de um problema sério, e uma média global de 54% considera que é um problema muito grave", lê-se no estudo de opinião, citado pela agência de notícias francesa AFP.

"Além disso, uma média de 78% defende a ideia de o seu país reduzir a emissão de gases com efeito de estufa no âmbito de um acordo internacional em Paris", acrescenta o documento.

A sondagem foi realizada entre março e maio, junto de uma amostra de 45.435 adultos, entrevistados pessoalmente e por telefone, em 40 países.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.