sicnot

Perfil

Mundo

Abertas assembleias de voto para legislativas na Birmânia

As assembleias de voto abriram na Birmânia para as primeiras eleições livres em mais de 25 anos, que podem dar a vitória à Liga Nacional para a Democracia (LND, oposição) de Ang San Suu Kyi.

© Stringer . / Reuters

"As assembleias de voto estão abertas", anunciou a comissão eleitoral às 06:00 locais de domingo (23:30 de sábado em Lisboa).

Cerca de 30 milhões de birmaneses são esperados nas assembleias de voto para substituir os representantes das duas câmaras, que deverão, alguns meses depois, escolher o presidente.

Mais de 93 partidos políticos apresentaram candidatos e milhares de birmaneses vão votar pela primeira vez, num país dominado desde 1962 pelos militares.

As legislativas anteriores realizaram-se em novembro de 2010, quando a junta organizou as primeiras eleições em 20 anos. A LND boicotou o escrutínio e foi dissolvida.

Nas legislativas de maio de 1990, a LND tinha conquistado mais de 80% dos lugares, mas os militares no poder rejeitaram os resultados.

Em 2012, numas legislativas parciais, Aung San Suu Kyi, de 70 anos, foi eleita deputada e assumiu a liderança da oposição parlamentar, na sequência da vitória triunfal da LND.

Prémio Nobel da Paz em 1991, Suu Kyi, que a junta militar manteve sob detenção durante mais de 15 anos, está impedida de se candidatar à presidência birmanesa devido a um artigo da Constituição, que exclui pessoas casadas ou com filhos estrangeiros - uma disposição que se considera visar diretamente a opositora, viúva de um britânico e com filhos de nacionalidade britânica.

O escrutínio é visto como um teste à transição democrática em curso desde da autodissolução do regime militar em 2011.

Lusa

  • Governo de Myanmar assina acordo com rebeldes a poucas semanas das legislativas
    0:49

    Mundo

    O Governo de Myanmar assinou hoje um acordo de cessar fogo com oito dos 15 principais grupos rebeldes. É o culminar de mais de dois anos de negociações. O objetivo é terminar com os conflitos étnicos na antiga Birmânia e dar início a um processo de diálogo. O acordo foi assinado a menos de um mês para as eleições legislativas no país. As oito guerrilhas saíram da lista de organizações ilegais e terroristas.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.