sicnot

Perfil

Mundo

Mário Soares elogia Helmut Schmidt

O ex-Presidente Mário Soares expressou hoje "grande consternação" pela morte, aos 96 anos, do antigo chanceler alemão Helmut Schmidt, que classificou como "grande estadista alemão", numa mensagem de condolências enviada à família.

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

"Foi com grande consternação que recebi a tristíssima notícia do falecimento do grande estadista alemão e meu querido amigo Helmut Schmidt. Sempre o admirei e tive por ele um grande apreço", lê-se no texto a que a Lusa teve acesso.

Mário Soares definiu o antigo dirigente social-democrata alemão, chanceler de 1974 a 1982, como uma "personalidade de grande rigor e competência" e "uma referência para a Alemanha e para a União Europeia".

"Não posso esquecer o grande apoio que sempre deu a Portugal", frisou.

"Apresento à família enlutada, ao SPD e à Alemanha as minhas muito sentidas condolências", concluiu o ex-chefe de Estado português.

Chanceler a partir de 1974, após a demissão de outra grande figura da social-democracia alemã, Willy Brandt, e reconduzido em 1976 e 1980, Helmut Schmidt mostrou-se sempre inflexível perante a violência do grupo de extrema-esquerda Fação do Exército Vermelho (RAF), também conhecido como Baader-Meinhof, e foi o homem das reformas sociais e do apaziguamento com o Leste.

Conhecido como "o chanceler de ferro", Schmidt foi o primeiro a denunciar a implantação dos mísseis balísticos soviéticos SS-20, em 1977, e a defender a dos euromísseis da NATO.

Europeu convicto, criticou o modo como o seu sucessor Helmut Kohl conduziu a unificação da Alemanha.

Foi ainda o "pai" do sistema monetário europeu, juntamente com o antigo presidente francês Valéry Giscard d'Estaing.

Retirado da vida política há mais de 30 anos, ainda recentemente contribuía para os debates políticos e intelectuais do seu país.

Autor de três dezenas de livros, foi chefe de redação (1983) e depois diretor (1985-1989) do Die Zeit, um dos mais prestigiados semanários alemães.

Lusa

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.