sicnot

Perfil

Mundo

Medo de nova rutura de barragem no Brasil aumenta zona de segurança

O medo da rutura de uma terceira barragem na cidade brasileira de Mariana, no estado de Minas Gerais, fez as autoridades aumentarem a zona de segurança restrita ao acesso da população de três para dez quilómetros.

(arquivo)

(arquivo)

© Ricardo Moraes / Reuters

"A barragem Germano trincou [rachou] e há risco de rompimento [rutura]", afirmou o tenente Sebastião Nogueira, do Batalhão de Choque da 3.ª Companhia de Missões Especiais de Lagoa Santa, citado pelo jornal O Estado de Minas.

Duas barragens da empresa Samarco, participada da mineradora Vale, romperam-se na última quinta-feira e a lama com resíduos de minérios invadiu a localidade de Bento Rodrigues, deixando pelo menos oito mortos, 20 desaparecidos, e 158 casas destruídas, segundo um balanço divulgado hoje pelas autoridades.

Das oito vítimas fatais encontradas, cinco foram identificadas, incluindo duas crianças, de cinco e sete anos. O acesso ao distrito de Bento Rodrigues está completamente bloqueado por polícias militares.

Os bombeiros mudaram a estratégia de buscas face à instabilidade da terceira barragem, e os moradores que seguiam para suas casas, para tentar buscar pertences abandonados no momento das ruturas da quinta-feira, foram impedidos de seguir, ainda segundo o diário de Minas Gerais.

Três abalos sísmicos foram sentidos na região na manhã de terça-feira, segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, citado pelo portal de notícias G1. Ainda não há a certeza sobre se os tremores são naturais ou desencadeados pela rutura dos reservatórios.

A empresa Samarco informou a imprensa local que faz obras para dar mais estabilidade à mina e que irá instalar sismógrafos em pontos estratégicos das barragens.

O Governo federal brasileiro reconheceu hoje, em decreto publicado no Diário Oficial, a situação de emergência em Mariana, o que facilita a alocação de recursos para a área.

A lama com resíduos de minério atingiu o Rio Doce e está a chegar a outras cidades de Minas Gerais e do Estado vizinho do Espírito Santo. Em Governador Valadares, foi decretado estado de calamidade pública, pois o abastecimento de água foi comprometido pela contaminação.

Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.