sicnot

Perfil

Mundo

Oito polícias acusados de matar taxista moçambicano condenados a 15 anos de prisão

Oito polícias acusados de matar taxista moçambicano condenados a 15 anos de prisão

Foram condenados a 15 anos de prisão os oito polícias sul-africanos acusados da morte de um taxista moçambicano. O taxista morreu depois de ter sido algemado a um carro e arrastado pela rua. O caso aconteceu em 2013. O juiz do Tribunal de Pretória classificou a atuação dos agentes como "bárbara e inaceitável". As imagens podem impressionar as pessoas mais sensíveis.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".