sicnot

Perfil

Mundo

As estrelas mais antigas descobertas no centro da Via Láctea

Astrónomos australianos descobriram as estrelas mais antigas, anteriores à formação da Via Láctea, quando o Universo tinha apenas 300 milhões de anos.

Via Láctea

Via Láctea

NASA

As estrelas, encontradas no centro da Via Láctea, são surpreendemente puras mas contêm material de uma estrela ainda mais antiga, que morreu numa explosão enorme denominada hipernova.

"Estas estrelas primitivas estão entre as mais antigas que sobreviveram e de certeza que são as mais antigas que alguma vez vimos", afirma Louise Howes, a principal autora do estudo publicado na revista Nature. "Estas estrelas formaram-se antes da Via Láctea e da galáxia que se formou".

A descoberta e análise destas nove estrelas com alto grau de pureza desafia as atuais teorias sobre como era o ambiente espacial quando o se formaram. "São estrelas com níveis muito baixos de carbono, ferro e metais pesados, o que sugere que as primeiras estrelas poderão não ter explodido como normais supernovas", explica Louise Howes, citada no site da universidade em que trabalha.

"Devem ter morrido como hipernovas - explosões de estrelas que provavelmente se moviam muito rapidamente produzindo 10 vezes mais energia que uma normal supernova".

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes