sicnot

Perfil

Mundo

As estrelas mais antigas descobertas no centro da Via Láctea

Astrónomos australianos descobriram as estrelas mais antigas, anteriores à formação da Via Láctea, quando o Universo tinha apenas 300 milhões de anos.

Via Láctea

Via Láctea

NASA

As estrelas, encontradas no centro da Via Láctea, são surpreendemente puras mas contêm material de uma estrela ainda mais antiga, que morreu numa explosão enorme denominada hipernova.

"Estas estrelas primitivas estão entre as mais antigas que sobreviveram e de certeza que são as mais antigas que alguma vez vimos", afirma Louise Howes, a principal autora do estudo publicado na revista Nature. "Estas estrelas formaram-se antes da Via Láctea e da galáxia que se formou".

A descoberta e análise destas nove estrelas com alto grau de pureza desafia as atuais teorias sobre como era o ambiente espacial quando o se formaram. "São estrelas com níveis muito baixos de carbono, ferro e metais pesados, o que sugere que as primeiras estrelas poderão não ter explodido como normais supernovas", explica Louise Howes, citada no site da universidade em que trabalha.

"Devem ter morrido como hipernovas - explosões de estrelas que provavelmente se moviam muito rapidamente produzindo 10 vezes mais energia que uma normal supernova".

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21