sicnot

Perfil

Mundo

Paris encerra espaços culturais e cancela competições desportivas

O Ministério da Cultura de França anunciou hoje o encerramento de museus, na sequência dos atentados ocorridos na sexta-feira na capital francesa, enquanto as competições desportivas previstas para a região parisiense foram canceladas.

© Benoit Tessier / Reuters


"Hoje, os espaços culturais públicos abertos ao público na Ile-de-France vão estar fechados", indiciou o Ministério da Cultura, em comunicado.

A Ópera de Paris cancelou os concertos previstos para hoje e a grande sala da Philharmonie vai permanecer fechada durante o fim de semana, enquanto o Palácio de Versalhes e o Museu do Louvre chegaram a abrir as portas hoje antes da decisão de encerrar estes espaços.

Também todas as competições desportivas previstas para hoje e para domingo na região parisiense foram canceladas, destacando-se o jogo da Taça da Europa de râguebi entre o Racing 92 e os Glasgow Warriors.

O parque de diversões Disneyland, situado a este de Paris, ficou hoje fechado, em solidariedade com as vítimas dos atentados.

Pelo menos 127 pessoas morreram e 180 ficaram feridas, 80 dos quais em estado crítico, em diversos atentados em Paris, na sexta-feira à noite, segundo fontes policiais francesas.

Oito terroristas, sete deles suicidas, que usaram cintos com explosivos para levar a cabo os atentados, morreram, segundo as mesmas fontes.

Os ataques ocorreram em pelo menos seis locais diferentes da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o Presidente François Hollande classificou como "ataques terroristas sem precedentes no país".

Lusa

  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira