sicnot

Perfil

Mundo

Filha de português assassinada durante sequestro na Venezuela

A filha de um comerciante português da área de panificação foi assassinada a tiro por homens armados, durante uma tentativa de sequestro ocorrida em Cúa (65 quilómetros a sul de Caracas), avançaram fontes da comunidade local à Agência Lusa.

(arquivo)

(arquivo)

Segundo as mesmas fontes, a tentativa de rapto do comerciante, José Manuel Gonçalves, de 56 anos de idade, teve lugar pelas 05:20, horas locais, de segunda-feira (10:50 horas em Lisboa), pouco depois de sair da sua residência, acompanhado pela filha, Stefani Gonçalves Nóbrega, de 22 anos de idade.

O comerciante pretendia levar a sua filha à estação de comboio, de onde viajaria para Caracas, com o intuito de assistir a aulas da cadeira de Comércio Exterior, na Universidade Alejandro de Humboldt, de Caracas.

O português foi intercetado por cinco homens fortemente armados, que tentaram obrigá-lo a parar a sua viatura (uma carrinha Chevrolet, vermelha) mas mesmo assim terá tentado avançar, tendo sido alvo de tiroteio por parte dos raptores, estando agora internado na Clínica Passo Real da vizinha localidade de Charallave.

Os tiros perpetrados pelos assaltantes acabaram por atingir a filha do comerciante português, que faleceu pouco depois de dar entrada na Clínica La Candelária, de Cúa.

Fontes da comunidade portuguesa dão conta de que o comerciante, proprietário da padaria Ultraman, levava todos os dias a filha à estação de comboio com o propósito de a proteger da criminalidade.

A insegurança é uma das principais queixas dos cidadãos residentes na Venezuela, afetando por igual tanto nacionais como a estrangeiros radicados no país, entre eles os portugueses.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano