sicnot

Perfil

Mundo

Daesh anuncia execução de refém chinês e norueguês

O grupo extremista Daesh ("Estado Islâmico") anunciou esta quarta-feira ter executado dois reféns, um chinês e um norueguês, dois meses depois de ter pedido resgate para a libertação de ambos.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Reuters TV / Reuters

A revista de língua inglesa do grupo 'jihadista', Dabiq Magazine, publicou fotos de dois cadáveres ensanguentados que pareciam ser do refém chinês Fan Jinghui e do norueguês Ole-Johan Grimsgaard-Oftsad.

Os corpos foram fotografados ao lado de fotos dos reféns vendados, aparentemente tiradas pouco antes da sua execução.

Numa legenda tipo carimbo, colocada em diagonal na página, sobre a foto, lê-se "Executado depois de ser abandonado pelas nações e organizações kafir (infiéis)".

Não ficou claro como é que foram mortos, mas as suas cabeças estavam ensanguentadas devido a aparentes ferimentos de bala.

Foi o 12.º número da publicação do EI, um dos muitos braços da máquina mediática da organização 'jihadista' multilingue.

Jinghui e Grimsgaard-Oftsad tinham já aparecido na revista, na edição de setembro, na qual o grupo extremista pedia uma quantia não especificada pela sua libertação.

Nem essa edição nem aquela que foi hoje publicada forneciam pormenores sobre onde e quando os dois homens foram capturados, mantidos presos e mortos.

Jinghui era um consultor de 50 anos e Grimsgaard-Ofstad, de 48 anos, estava ligado a uma universidade em Trondheim.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.