sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul aceita proposta do Norte para conversações preliminares

A Coreia do Sul aceitou hoje a realização de conversações preliminares, de preparação para um encontro de alto nível, proposta pela Coreia do Norte, de acordo com o Ministério da Unificação de Seul, citado pela agência oficial chinesa, Xinhua.

© KCNA KCNA / Reuters

O Ministério da Unificação, responsável pela gestão das relações entre as duas Coreias, aceitou, assim, que estas negociações decorram no dia 26 deste mês, na Tongil House, um edifício administrativo na localidade fronteiriça de Panmunjom.

A Coreia do Norte tinha avançado com a proposta, no seguimento do acordo entre os dois países em agosto.

Após uma escalada da tensão militar, as duas Coreias chegaram a um acordo no verão que inclui o compromisso de retomar as negociações de alto nível.

De acordo com os termos desse acordo, Seul desligou os altifalantes com mensagens de propaganda na fronteira, depois de o Norte lamentar as explosões que feriram dois soldados sul-coreanos.

A Coreia do Sul interpretou o lamento como um "pedido de desculpas", mas a Comissão Nacional de Defesa do Norte já veio sublinhar que apenas desejava expressar compreensão e simpatia.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.