sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump defende restabelecimento da tortura por simulação de afogamento

Donald Trump, candidato às primárias republicanas para as presidenciais dos Estados Unidos de 2016, disse hoje que é favorável ao restabelecimento da simulação de afogamento, um método de interrogatório considerado como tortura.

Reuters

Reuters

© Marvin Gentry / Reuters

No programa de domingo "This Week", do canal de televisão ABC, Donald Trump afirmou que reestabelecerá "absolutamente" a simulação de afogamento como método de interrogatório, considerando que o grupo radical Estado Islâmico (Daesh) faria muito pior.

O "waterboarding", ou simulação de afogamento, que consiste em deitar água na cara e nas vias respiratórias do prisioneiro que está de olhos tapados, foi uma técnica de tortura utilizada pela CIA após os atentados de 11 de setembro de 2001 por iniciativa do antigo presidente norte-americano George Bush.

A simulação de afogamento é considerada tortura pelas Nações Unidas e foi proibida pelo presidente Barack Obama, tendo sido um método utilizado pelo menos em três prisioneiros, segundo um relatório do Senado dos Estados Unidos.

"Penso que a simulação de afogamento é uma pechincha em comparação com o que nos fazem sofrer", disse Donald Trump, dando como exemplo a decapitação de James Foley, o jornalista norte-americano executado pelo EI em agosto de 2014.

Na semana passada e após os atentados de Paris, Donald Trump afirmou que os norte-americanos "não podem permitir os refugiados" no país, especialmente vindos da Síria.

O candidato disse ainda que está na altura de começar a "monitorizar e a estudar mesquitas, porque está a haver muita conversa" nestes locais.

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.