sicnot

Perfil

Mundo

Turquia acusa Rússia de violar espaço aéreo

Fonte militar de Ancara, capital da Turquia, confirma ter abatido um avião que sobrevoava ilegalmente o espaço aéreo turco. Garante ainda que o aparelho não respeitou os repetidos avisos emitidos pelas autoridadades turcas.

"Um avião Su-24 russo foi abatido (...) porque violou o espaço aéreo turco, apesar dos avisos", disse a presidência turca, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Já o Ministério da Defesa russo indicou que o avião de combate Su-24, das Forças Armadas russas, "encontrava-se exclusivamente em espaço aéreo sírio", o qual nunca deixou.

Os pilotos do bombardeiro conseguiram ejetar-se do avião, segundo a Defesa russa, mas desconhece-se o seu paradeiro.

Numa primeira informação de órgãos de comunicação turcos colocava-se a hipótese de ser um avião militar F16, mas já foi admitido pelas autoridades russas ser um Su-24 russo.

Moscovo já veio garantir que o aparelho não cometeu qualquer irregularidade.

  • Avião militar russo abatido pela Turquia
    0:43

    Mundo

    Um avião militar russo foi abatido pela força aérea turca na fronteira com a Síria. A informação é confirmada por fonte militar de Ancara que justifica o ato com a violação do espaço aéreo turco levada a cabo pelo aparelho.

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.