sicnot

Perfil

Mundo

Turquia acusa Rússia de violar espaço aéreo

Fonte militar de Ancara, capital da Turquia, confirma ter abatido um avião que sobrevoava ilegalmente o espaço aéreo turco. Garante ainda que o aparelho não respeitou os repetidos avisos emitidos pelas autoridadades turcas.

"Um avião Su-24 russo foi abatido (...) porque violou o espaço aéreo turco, apesar dos avisos", disse a presidência turca, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Já o Ministério da Defesa russo indicou que o avião de combate Su-24, das Forças Armadas russas, "encontrava-se exclusivamente em espaço aéreo sírio", o qual nunca deixou.

Os pilotos do bombardeiro conseguiram ejetar-se do avião, segundo a Defesa russa, mas desconhece-se o seu paradeiro.

Numa primeira informação de órgãos de comunicação turcos colocava-se a hipótese de ser um avião militar F16, mas já foi admitido pelas autoridades russas ser um Su-24 russo.

Moscovo já veio garantir que o aparelho não cometeu qualquer irregularidade.

  • Avião militar russo abatido pela Turquia
    0:43

    Mundo

    Um avião militar russo foi abatido pela força aérea turca na fronteira com a Síria. A informação é confirmada por fonte militar de Ancara que justifica o ato com a violação do espaço aéreo turco levada a cabo pelo aparelho.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Johnny Depp sugere assassínio de Trump
    0:31