sicnot

Perfil

Mundo

Turquia vai informar NATO e ONU, um piloto capturado por rebeldes sírios

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, anunciou hoje que vai comunicar à NATO e à ONU ter abatido um caça-bombardeiro russo na fronteira com a Síria. A Rússia diz que para já é prematuro falar num "agravamento das relações russo-turcas".

© Osman Orsal / Reuters

"Um avião 'Su-24' russo foi abatido (...) porque violou o espaço aéreo turco, apesar dos avisos", disse a presidência turca, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

O ministério da Defesa russo indicou que o caça Suhkoi "manteve-se sempre e exclusivamente em espaço aéreo sírio", o qual nunca deixou.

Um dos dois pilotos russos foi capturado por rebeldes sírios, noticiou a cadeia de televisão turca CNN-Turk.

O piloto foi capturado por rebeldes sírios turcomenos que combatem o regime de Bashar al-Assad nas montanhas próximas da fronteira da Turquia, junto à província de Hatay, no sul do país, acrescentou a mesma fonte.

  • Avião militar russo abatido pela Turquia
    0:43

    Mundo

    Um avião militar russo foi abatido pela força aérea turca na fronteira com a Síria. A informação é confirmada por fonte militar de Ancara que justifica o ato com a violação do espaço aéreo turco levada a cabo pelo aparelho.

  • Turquia acusa Rússia de violar espaço aéreo

    Mundo

    Fonte militar de Ancara, capital da Turquia, confirma ter abatido um avião que sobrevoava ilegalmente o espaço aéreo turco. Garante ainda que o aparelho não respeitou os repetidos avisos emitidos pelas autoridadades turcas.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.