sicnot

Perfil

Mundo

Detido suspeito de venda de armas usadas nos atentados de Paris

ÚLTIMA HORA

A polícia alemã deteve um traficante de armas alemão suspeito de ter vendido, via Internet, quatro armas utilizados pelos autores dos atentados de Paris, escreve hoje o jornal alemão Bild.

© Michael Dalder / Reuters

As armas automáticas, do tipo 'kalachnikov' -- duas Zastava M70 e duas AK47 -- foram adquiridas a 07 de novembro passado através da Internet a um vendedor alemão domiciliado em Bade-Wurtemberg (sudoeste), afirma o jornal, citando "documentos" do Ministério Público de Estugarda (sudoeste) e investigadores alemães.

Segundo o Bild, os investigadores franceses "partiram do princípio que essas armas terão sido alegadamente usadas nos atentados de Paris", de 13 de novembro, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo extremista Estado Islâmico e que fez 130 mortos e mais de 350 feridos.

O presumível traficante de armas, residente em Magstadt (sudoeste), identificado como Sascha W., de 34 anos, detido pela polícia alemã no dia 16 de novembro, é suspeito de venda de armas e munições na chamada "Darknet", segundo o jornal.

'Emails' no seu 'smartphone' mostram que vendeu "quatro 'kalachnikovs' a um árabe em Paris", escreve ainda o Bild, indicando que foram apreendidas 16 armas durante rusgas a sua casa.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC