sicnot

Perfil

Mundo

Interpol emite mandado de prisão contra eurodeputado francês

A Interpol emitiu mandados de prisão contra três cidadãos franceses, incluindo um membro de extrema-direita do Parlamento Europeu, acusados de ajudar a fugir dois pilotos condenados por tráfico de droga na República Dominicana.

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado. (Arquivo)

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado. (Arquivo)

© Vincent Kessler / Reuters

O trio é acusado de ajudar a organizar a fuga dos dois pilotos em outubro, depois de terem sido condenados num caso de tráfico de droga, que ficou conhecido como "Air Cocaine".

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado, Christopher Naudin, criminologista e especialista em segurança aérea, e Pierre Malinowski, assistente parlamentar de Jean-Marie Le Pen em Estrarburgo.

"Os franceses são acusados de violar a lei" no contrabando de migrantes e tráfico de pessoas, disseram sexta-feira os procuradores dominicanos.

Os pilotos foram condenados a 20 anos de prisão por causa de um carregamento de 680 quilogramas de cocaína, mas sempre negaram conhecer a existência de droga a bordo.

A França já sugeriu que os pilotos não vão ser extraditados.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44