sicnot

Perfil

Mundo

Interpol emite mandado de prisão contra eurodeputado francês

A Interpol emitiu mandados de prisão contra três cidadãos franceses, incluindo um membro de extrema-direita do Parlamento Europeu, acusados de ajudar a fugir dois pilotos condenados por tráfico de droga na República Dominicana.

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado. (Arquivo)

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado. (Arquivo)

© Vincent Kessler / Reuters

O trio é acusado de ajudar a organizar a fuga dos dois pilotos em outubro, depois de terem sido condenados num caso de tráfico de droga, que ficou conhecido como "Air Cocaine".

Os procuradores da República Dominicana pediram à Interpol para emitir mandados de prisão contra Aymeric Chauprade, membro da Frente Nacional e eurodeputado, Christopher Naudin, criminologista e especialista em segurança aérea, e Pierre Malinowski, assistente parlamentar de Jean-Marie Le Pen em Estrarburgo.

"Os franceses são acusados de violar a lei" no contrabando de migrantes e tráfico de pessoas, disseram sexta-feira os procuradores dominicanos.

Os pilotos foram condenados a 20 anos de prisão por causa de um carregamento de 680 quilogramas de cocaína, mas sempre negaram conhecer a existência de droga a bordo.

A França já sugeriu que os pilotos não vão ser extraditados.

Lusa

  • "Vai ser uma batalha forte e dura"
    2:51
  • A tática dos 3 Rs de Carlos Queiroz
    1:58
  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.