sicnot

Perfil

Mundo

Rei da Arábia Saudita estuda perdão a "blooger" vencedor do Prémio Sahkarov

Um recurso para que o Rei da Arábia Saudita possa emitir um perdão presidencial ao 'blogger' Raif Badawi, cuja dura sentença gerou uma onda de solidariedade internacional, foi já entregue, disse hoje um diplomata suíço.

© Faisal Nasser / Reuters

"O procedimento para o perdão está em curso junto do chefe de Estado, que é o Rei Salman, disse o secretário de estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Suíça, Yves Rossier, em declarações ao jornal suíço La Liberté, citado pela AFP.

Raif Badawi foi condenado em janeiro de 2012 por crimes cibernéticos a 1000 chibatadas, tendo recebido as primeiras 50 logo em janeiro, mas desde então, no seguimento da pressão internacional, não recebeu mais.

No Parlamento Europeu, Raif Badawi, de 31 anos, foi agraciado com o Prémio Sakharov no mês passado, e na semana passada os diplomatas suíços levantaram o tema junto das autoridades da Arábia Saudita.

A Comissão Europeia salientou a importância que a União Europeia (UE) dá à liberdade de expressão, felicitando a atribuição, pelo Parlamento Europeu, do Prémio Sakharov ao bloguer saudita Raif Badawi.

"A escolha de Badawi sublinha a importância dada pela UE à promoção do debate político e social e o apoio à liberdade de expressão em todo o mundo", disse o porta-voz do executivo comunitário, Margaritis Schinas, na conferência de imprensa diária.

Raif Badawi foi condenado a 10 anos de prisão, a mil chibatadas e a uma multa pesada por ter criado um website para o debate social e político, "Free Saudi Liberals", considerado ofensivo para o Islão.

O ativista está atualmente a cumprir a pena na Arábia Saudita.

Lusa

  • Começaram as cerimónias de tomada de posse de Donald Trump
    2:36

    Mundo

    O Presidente eleito terminou a noite de quinta feira junto ao memorial em homenagem a Lincoln, onde milhares de pessoas assistiram a um concerto seguido de fogo de artifício. Em todos os discursos a mesma mensagem , unificar a América e a frase de campanha: tornar a América grande outra vez.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.