sicnot

Perfil

Mundo

Polícia belga em operação antiterrorista em Molenbeek

A polícia belga está a realizar uma operação antiterrorista no distrito de Molenbeek que estará ligada à investigação sobre os atentados terroristas em Paris, informou a cadeia de radiotelevisão pública RTBF.

OLIVIER HOSLET

A operação está a decorrer no bairro de Beekkant de Molenbeek, distrito de onde são oriundos vários dos alegados terroristas ligados aos atentados de 13 de novembro em Paris.

De acordo com a página da estação pública de televisão RTBF na Internet, a operação levou ao encerramento de uma rua e está a decorrer numa casa desocupada na Rua da Independência, mas também noutros locais da mesma rua.

Segundo informação publicada na RTBF às 21:42 locais (20:42 em Lisboa), um dos suspeitos dos atentados de 13 de novembro em Paris, Salah Abdeslam, poderia estar escondido numa casa daquela zona, onde a polícia realizou operações durante mais de uma hora.

Até ao momento nao há detenções a registar, acrescenta a RTBF.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.