sicnot

Perfil

Mundo

Quatro talibãs executados por massacre em escola no Paquistão

O Paquistão executou hoje quatro militantes talibãs ligados ao massacre numa escola na cidade de Peshawar em que morreram 150 pessoas, a maioria crianças, em dezembro de 2014.

© Stringer Pakistan / Reuters


"Quatro militantes envolvidos no ataque à escola foram enforcados esta manhã na prisão de Kohat", disse à AFP um dirigente da segurança de Peshawar.

As execuções foram confirmadas por um responsável da prisão, que referiu que os militares tiveram um último encontro com as suas famílias na terça-feira à noite.

O ataque contra uma escola pública militar em Peshawar no dia 16 de dezembro de 2014 foi considerado o mais sangrento ataque terrorista da história do Paquistão.

O atentado foi reivindicado pelo principal comando talibã paquistanês, Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP).

Lusa

  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • Mont-Saint-Michel evacuado "por precaução"

    Mundo

    O monumento do Monte Saint-Michel, no oeste de França, foi evacuado hoje de manhã "por precaução", tendo sido retirados os turistas e habitantes devido à presença de um suspeito que ameaçou as forças da ordem, anunciou a polícia francesa.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00