sicnot

Perfil

Mundo

Australiano não ganha para o susto com "visita" de goanna gigante

Imagine-se descansado no alpendre de sua casa, a "queimar tempo". Levanta-se, ouve um ruído e sente um movimento. Olha para a parede e dá de caras com um lagarto de 1,5m. Fugia?

Foto de Eric Holland

Foto de Eric Holland

Eric Holland foi o australiano contemplado com esta "visita inesperada".

Quando se deparou com um lagarto de 1,5 metros, deu a volta e entrou em casa, com o coração a querer saltar-lhe pela boca.

Foi buscar uma máquina fotográfica, respirou fundo e voltou a sair, pela porta da frente.

Contornou a casa tirou a fotografia. Sem ela, garante, ninguém ia acreditar na sua história, disse Eric Holland ao programa de rádio 2UEBreakfast.

Apanhou "um susto de morte" mas arrisca-se a repetir a dose. É que estes lagartos são muito comuns em Thurgoona, uma zona rural de New South Wales, onde vive Eric Holland e podem aparecer sem avisar.

São trepadores por natureza, por isso é aconselhável, ao cruzar-se com um animal deste porte, deitar-se ou arrisca-se a ser confundido com uma árvore.

Goanna é uma das 25 espécies de lagarto que vivem na Austrália. Pertence à família dos lagartos-monitores.

E

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.